ufsj_logo_topo   ufsj_logo_topo   cefet_logo_topo

Defesa de Dissertação de Glaucia de Morais Silva

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "ESTIMAÇÃO DO AUDIOGRAMA USANDO A MAGNITUDE QUADRÁTICA DA COERÊNCIA MÚLTIPLA E ESTIMULAÇÃO MONAURAL DE TONS MODULADOS EM AMPLITUDE NA FAIXA DE 40 Hz". 

 

MESTRANDA: Glaucia de Morais Silva 

 

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. Leonardo Bonato Felix - UFV (Orientador)

Prof. Dr. Erivelton Geraldo Nepomuceno - UFSJ 

Prof. Dr. Heverton Augusto Pereira - UFV

 

LOCAL: Auditório do Departamento de Engenharia Elétrica - UFV

DATA: 30 de setembro de 2016 - sexta-feira 

HORÁRIO: 10h

 

Resumo do trabalho:  

A aplicação de técnicas de detecção objetiva de repostas  possibilita a estimação de audiogramas, sem interferências subjetivas de pacientes e avaliadores. Neste trabalho, para encontrar os limiares auditivos, otimizando o tempo de detecção, foi utilizada a Magnitude Quadrática da Coerência Múltipla (MMSC). A MMSC foi empregada na detecção de Respostas Auditivas em Regime Permanente (ASSR) evocadas por tons modulados em amplitude. Foi realizada uma análise off-line dos sinais de eletroencefalograma de 10 voluntários, nas intensidades de 15, 20, 25, 30, 40 e 50 dB SPL, para frequências portadoras de 0,5, 1, 2 e 4 kHz. Após a variação dos parâmetros Conjunto de Canais, Critério de Parada e Número Máximo de Janelas foram selecionados dois detectores, através da correlação com os limiares comportamentais, denominados Máximo e Rápido. O detector Máximo apresentou coeficiente de correlação r = 0,7861, diferença média entre os limiares fisiológicos e comportamentais de 5,50 dB SPL, tempo de detecção médio por orelha de 1 h e 14 min e médio por estímulo de 3,09 min, enquanto o Rápido obteve coeficiente r = 0,8318, diferença de 5,12 dB SPL, tempo de detecção médio por orelha de 34 min  e por estímulo de 1,42 min. Os resultados mostraram que a aplicação da MMSC possibilita a obtenção de audiogramas próximos aos convencionais, além de se apresentarem como uma ferramenta promissora na redução do tempo de detecção.

 

 

Palavras-chave: Audiograma, Resposta Auditiva em Regime Permanente, Magnitude Quadrática da Coerência Múltipla, Eletroencefalograma.

 

  

 

Defesa de Dissertação de George André Marques Lacerda

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "ESTIMAÇÃO DE TORQUE DE MOTOR DE INDUÇÃO TRIFÁSICO UTILIZANDO INSTRUMENTOS COMUNS EM INDÚSTRIAS". 

 

MESTRANDO: George André Marques Lacerda

 

BANCA EXAMINADORA:

Profª. Drª. Lane Maria Rabelo Baccarini - UFSJ (Orientadora)

Prof. Dr. Gleison Fransoares Vasconcelos Amaral - UFSJ 

Prof. Dr. Marcelo Martins Stopa - CEFET-MG

Prof. Dr. Giovanni Francisco Rabelo - UFLA

 

LOCAL: Sala 3.16 do Prédio do DEPEL, Campus Santo Antônio - UFSJ

DATA: 22 de setembro de 2016 - quinta-feira 

HORÁRIO: 10h

 

Resumo do trabalho:  

Este projeto apresenta um método para estimação de torque no eixo de motores de indução trifásicos de fácil aplicação industrial, necessitando como parâmetros: a resistência de estator, a corrente e a tensão de alimentação, a velocidade do motor e a potência consumida a vazio. Alternativas são apresentadas para a aquisição da potência a vazio. Para aplicação do método proposto é necessária a aquisição dos sinais de corrente e tensão de alimentação, porém, visando aumentar a aplicabilidade em plantas industriais, uma variante utilizando valores rms é analisada. Validação computacional é implementada, comparando o erro de estimação com o de outro método existente na literatura, apresentando erro nulo em regime permanente. Ensaios experimentais utilizando um motor de 3 CV geraram resultados com erros de estimação menores que 1% na região de carga nominal e erros menores que 4% para toda a faixa de operação de 0 até 110% da nominal. Foi utilizado como referência um sensor de torque acoplado ao eixo do motor. Estes resultados foram alcançados tanto pelo método com a aquisição dos sinais como com os valores rms dos mesmos sinais. O método então foi analisado com motores alimentados por conversores de frequência que utilizam técnicas PWM. Foram simuladas várias frequências de alimentação e motores com potência nominal variando de 3 a 2200 HP. O método proposto atingiu, na simulação, erros de no máximo 2,75% para todos os motores na região de baixa carga e erros menores que 0,5% para cargas maiores que 70% da nominal.

 

Palavras-chave: estimação de torque; motor de indução trifásico; estimação de rendimento; PWM; Método não invasivo.