ufsj_logo_topo   ufsj_logo_topo   cefet_logo_topo

Eleições para Coordenador, Coordenador Adjunto e Membros do Colegiado

TEREMOS ELEIÇÃO, NO DIA 22 DE JUNHO DE 2016, PARA ESCOLHA DO COORDENADOR (CEFET-MG), COORDENADOR ADJUNTO (UFSJ), MEMBROS TITULARES E SUPLENTES DAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO MODELAGEM E CONTROLE DE SISTEMAS (MCS) E SISTEMAS ELÉTRICOS (SE) PARA CADA INSTITUIÇÃO E MEMBRO DISCENTE (CEFET-MG)

 

 

PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES

 

 

INSCRIÇÕES: 13 a 21 de junho de 2016

ELEIÇÃO: 22 de junho de 2016  

 

AS INSCRIÇÕES DOS CANDIDATOS E A ELEIÇÃO OCORRERÃO NA SECRETARIA DO PPGEL (SALA 3.15EL), CAMPUS SANTO ANTÔNIO, DE 09H ÀS 12H E 13H30 ÀS 17H30, NO CASO DA UFSJ E NA SECRETARIA DO PPGEL, PRÉDIO ESCOLAR, SALA 238, CAMPUS II, DE 13H30 ÀS 17H30, NO CASO DO CEFET-MG. 

 

NO DIA 21 DE JUNHO, APÓS O TÉRMINO DAS INSCRIÇÕES, A LISTA DE CANDIDATOS SERÁ DISPONIBILIZADA NA SECRETARIA DO PPGEL DE CADA INSTITUIÇÃO.  

 

O RESULTADO FINAL SERÁ DIVULGADO NO DIA 23 DE JUNHO.

 

 

CONFIRA O EDITAL

 

 

RESULTADO

 

 

 

 

 

Defesa de Dissertação de Thiago de Oliveira Santos

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "DIAGNÓSTICO DO DESEMPENHO DE SISTEMAS DE SUBTRANSMISSÃO". 

 

MESTRANDO: Thiago de Oliveira Santos

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. Leonidas Chaves de Resende - UFSJ (Orientador)

Prof. Dr. Luiz Antônio da Fonseca Manso - UFSJ (Coorientador)

Prof. Dr. Edimar José de Oliveira - UFJF

Prof. Dr. Eduardo Gonzada da Silveira - CEFET-MG

 

 LOCAL: Sala 3.16 do Prédio do DEPEL, Campus Santo Antônio - UFSJ

DATA: 23 de maio de 2016 - segunda-feira 

HORÁRIO: 14 horas

 

Resumo do trabalho: 

A  energia  elétrica,  ao  proporcionar  qualidade  de  vida,  desenvolvimento  e produtividade,  tornou-se  essencial  para  a  sociedade  desde  a  sua  descoberta, provocando  no  homem  um  grau  elevado  de  dependência  de  um  fornecimento regular. Isso faz com que falhas e cortes tragam consequências desastrosas para a sociedade, a qual  demanda cada vez mais por um fornecimento confiável através de sistemas pouco susceptíveis  a  falhas. Por isso,  o desempenho dos sistemas elétricos  deve  ser  constantemente  aferido  e  analisado  por  meio  de  indicadores qualidade, geralmente representados por índices de confiabilidade.

Dentre os principais índices de confiabilidade existentes na literatura, o Índice de Severidade corresponde a um dos mais modernos e importantes indicadores de risco probabilístico que captura não apenas a habitualidade das falhas do sistema, mas  também  suas  gravidades  e  consequências.  Entretanto,  ao  contrário  das técnicas  de  avaliação  da  confiabilidade  para  sistemas  de  geração  e  sistemas compostos de geração e transmissão,  não há uma escala proposta na literatura para  a  classificação  do  desempenho  dos  sistemas  de  subtransmissão,  talvez devido  à  configuração  pouco  malhada  apresentada  por  estes.  Dessa  forma,  a principal  contribuição  dessa  dissertação  é  desenvolver  uma  metodologia  para  a definição de valores de referência para a classificação do desempenho de sistemas de  subtransmissão  através  do  Índice  de  Severidade,  procedimento  útil  para planejadores e controladores do sistema elétrico. 

A nova classificação é construída através da análise dos dados de três sistemas com  comportamentos  e  características  reais.  Utilizando  o  método  dos  mínimos quadrados,  é  realizado  o  ajuste  da  função  correspondente  aos  dados  discretos encontrados  para a definição  dos limites de cada grau da  nova classificação.  Esses novos limites  devem  possibilitar  uma rápida classificação  quanto ao  desempenho através do índice de severidade para um sistema qualquer de subtransmissão. Os resultados obtidos demonstram a validade da metodologia proposta.