ufsj_logo_topo   ufsj_logo_topo   cefet_logo_topo

Defesa de Dissertação de Heitor Magno Rodrigues Junior

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "MÉTODO INTERVALAR PARA ANÁLISE DE MAPAS DISCRETOS". 

 

MESTRANDO: Heitor Magno Rodrigues Junior

 

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. Erivelton Geraldo Nepomuceno - UFSJ (Orientador)

Prof. Dr. Márcio Falcão Santos Barroso - UFSJ

Prof. Dr. Alípio Monteiro Barbosa - UNIFEMM

 

LOCAL: Sala 3.16 do Prédio do DEPEL, Campus Santo Antônio - UFSJ

DATA: 15 de dezembro de 2016 - quinta-feira 

HORÁRIO: 14h

 

Resumo do trabalho:  

Resultados obtidos por cálculos numéricos nem sempre são totalmente precisos. Isso ocorre devido ao fato de o computador apresentar limitações, fazendo com que o conjunto dos números que ele represente seja finito. Com o intuito de reduzir ou eliminar os erros causados por essas limitações, diversos métodos foram desenvolvidos ao longo dos anos. A análise intervalar é um método que procura limitar os erros computacionais, de modo que um resultado obtido seja representado por uma faixa de valores. Neste trabalho, uma metodologia de análise intervalar é implementada com o intuito de produzir métodos de detecção de pontos fixos e órbitas periódicas em mapas discretos. Os resultados obtidos com a metodologia desenvolvida nesta dissertação serão avaliados em relação a resultados de métodos presentes na literatura. Além disso, eles serão comparados com outros métodos de análise intervalar de acordo com a resposta atingida por cada um, onde serão avaliados tanto a precisão dos resultados quanto o custo computacional necessário para alcançá-los. A metodologia do trabalho se divide em dois métodos intervalares, onde o primeiro realiza operações aritméticas computacionais com os limites do intervalo ao invés de operações intervalares convencionais. O segundo método é baseado na propriedade da interseção intervalar e nele se faz a tentativa de reduzir o tamanho dos intervalos obtidos como resposta. Ambos os métodos são avaliados e comparados com outros métodos intervalares em 12 cálculos de ponto fixo e órbitas periódicas do mapa logístico. Aplicando a metodologia desenvolvida no trabalho, foi possível obter órbitas periódicas de período até 2048 com precisão alta, o que não foi possível nos demais métodos intervalares usados para comparação. 

 

Palavras-chave: Análise Intervalar, Pseudo-Órbitas, Mapa Logístico, Órbitas Periódicas.

 

   

Defesa de Dissertação de André de Freitas Queles

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "APLICAÇÃO DE METAHEURÍSTICAS NO BALANCEAMENTO DE BANCOS DE CAPACITORES DE ALTA TENSÃO". 

 

MESTRANDO: André de Freitas Queles

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. Leonidas Chaves de Resende - UFSJ (Orientador)

Prof. Dr. Luiz Antônio da Fonseca Manso - UFSJ (Coorientador)

Prof. Dr. Ivo Chaves da Silva Junior - UFJF 

Prof. Dr. Eduardo Gonzada da Silveira - CEFET-MG

 

LOCAL: Sala 3.16 do Prédio do DEPEL, Campus Santo Antônio - UFSJ

DATA: 13 de dezembro de 2016 - terça-feira 

HORÁRIO: 10 horas

 

Resumo do trabalho: 

A disponibilização de reativo é um dos principais problemas relacionados à operação eficiente de um sistema de potência de alta tensão, seja para manter os perfis de tensão nas barras, seja para atender os requisitos de transferência de carga entre as diversas barras deste sistema.

Dos equipamentos usuais utilizados para suprimento de reativos, os bancos de capacitores consistem na forma mais econômica e prática para adicionar grandes blocos de reativo ao sistema de forma distribuída. Estes bancos são formados por dezenas ou centenas de unidades capacitivas de diferentes capacitâncias, encadeados em arranjos séries e paralelos. Devido ao desbalanceamento de capacitâncias inerente a esta formação, são verificadas as altas taxas de falhas e baixa disponibilidade deste ativo de transmissão.

Por outro lado, o problema de explosão combinatória envolvido na busca do balanceamento ótimo das capacitâncias inviabiliza a adoção desta prática durante as intervenções de manutenção. Com isto ocorre um desbalanceamento gradual ao longo da vida útil do banco de capacitores, bem como o desvio dos “desequilíbrios naturais” configurados no comissionamento, estabelecendo um círculo vicioso de: (i) aumento da probabilidade de falha das unidades capacitivas; (ii) aumento de trocas de unidades falhadas e (iii) aumento do desequilíbrio entre fases, resultando em menor disponibilidade e confiabilidade deste ativo de transmissão e confiabilidade.

Nesta dissertação são apresentadas as metodologias de balanceamento de capacitâncias na montagem de um Banco de Capacitor de Extra-Alta Tensão (BCAT) comumente empregadas atualmente, e, a partir da categorização destas etapas são propostas duas metodologias para o balanceamento. A primeira visa o balanceamento inicial ou de montagem usando a filosofia de cortes e dobras. A segunda se aplica no balanceamento do dia-a-dia da manutenção, e trata-se de um algoritmo de balanceamento rápido usando metaheurística por Busca Tabu. 

Os algoritmos propostos são aplicados a um BCAT de 200 MVar, 345 kV, 60 Hz na SE Ouro Preto 2, da Eletrobrás Furnas S.A., tendo os resultados apresentados, discutidos e validados tanto em simulações quanto na prática.

 

 

Defesa de Dissertação de André Luiz Carvalho Ottoni

CONVITE À COMUNIDADE

 

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica UFSJ/CEFET-MG tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação e defesa da dissertação "ANÁLISE DE SENSIBILIDADE DOS PARÂMETROS DO APRENDIZADO POR REFORÇO NA SOLUÇÃO DO PROBLEMA DO CAIXEIRO VIAJANTE". 

 

MESTRANDO: André Luiz Carvalho Ottoni

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. Erivelton Geraldo Nepomuceno - UFSJ (Orientador)

Prof. Dr. Marcos Santos de Oliveira - UFSJ (Coorientador)

Prof. Dr. Guilherme Sousa Bastos - UNIFEI

Prof. Dr. Hugo Tanzarella Teixeira - UNICAMP 

Prof. Dr. Márcio Falcão Santos Barroso - UFSJ

 

LOCAL: Sala 3.16 do Prédio do DEPEL, Campus Santo Antônio - UFSJ

DATA: 25 de novembro de 2016 - sexta-feira 

HORÁRIO: 14 horas

 

Resumo do trabalho: 

O Aprendizado por Reforço (AR) é uma técnica de Inteligência Artificial fundamentada nos Processos de Decisão de Markov. Em uma estrutura comum de AR, um agente aprende por meio da experiência de sucessos e fracassos em um ambiente.
 
Além disso, em um sistema de AR é necessária a definição de alguns parâmetros, como taxa de aprendizado, fator de desconto e política e-greedy.
 
Nesse aspecto, a escolha desses parâmetros pode comprometer o desempenho do algoritmo de aprendizado. Dessa forma, pretende-se analisar a sensibilidade dos parâmetros do AR. Optou-se por aplicar o AR no Problema do Caixeiro Viajante (PCV) por se tratar de um problema clássico de otimização combinatória largamente usado na literatura.
 
A metodologia proposta baseia-se em experimentos e métricas estatísticas para analisar a influência desses parâmetros no PCV. A principal técnica de análise abordada é a Metodologia de Superfície de Resposta (RSM). A partir dos modelos de RSM ajustados é possível identificar como o desempenho do AR é influenciado pelos níveis dos parâmetros taxa de aprendizado e fator de desconto. Além disso, a análise de pontos estacionários permite inferir quais os valores dos parâmetros tendem a otimizar a resposta em cada problema.
 
 
Palavras-chave: Inteligência Artificial, Aprendizado por Reforço, Problema do Caixeiro Viajante, Análise de Sensibilidade dos Parâmetros, Metodologia de Superfície de Resposta.